Pão da Madrinha

Essa receita maravilhosa veio do meu grande amigo Marcelo. Dona Marta, madrinha dele, fazia esse pão sempre que ele a visitava. Ele aprendeu e eternizou a receita.

 Além do sabor delicioso e da praticidade na execução, a receita tem uma lembrança de amor, carinho, dedicação e bom caráter que ele se emociona a contar pra gente.
O nosso amor e carinho para com a Dinda Marta. A receita é um sucesso aqui em casa e pra quem a gente já repassou.

A receita? Sim, claro.... vamos à receita

Pão da Madrinha

Ingredientes

Modo de Preparo

Colocar o trigo, o sal, o açúcar, o fermento, o ovo e mexer.

Daí é só ir acrescentando a água aos poucos e ir mexendo.

Importante: Esse pão NAO É SOVADO. Portanto, você pode mexer com uma colher.

A consistencia da massa fica meio molinha... como o próprio Marcelo comenta, uma "coisa meio puxenta".

Feito isso, coloca na forma untada e enfarinhada e deixa descansar por uns 30 minutos.

Essa receita faz um pão como esses que estão nas fotos.

Asse em forno pré aquecido a 180 graus até que fique moreninho.

O pão fica com uma massa firme e um gosto excelente.

Minhas observações:

A quantidade de sal, pra gente aqui em casa, foi modificada, ou seja, aumentamos um pouquinho. Eu recomendo você fazer com o padrão e experimentar. Minha sogra faz com a mesma quantidade que o Marcelo.

Deixar crescer por quanto tempo? Isso depende de muita coisa. Eu sempre digo: deixe crescer até crescer! Vai depender de onde você coloca, da temperatura, essas coisas. A Rê cobre a massa com um pano e coloca no forno desligado e com a porta fechada. Cada um tem uma forma de fazer. A massa deve dobrar de volume e isso pode levar 30 minutos, mas também pode levar 1 hora. 

A mesma coisa do tempo de crescimento vale para o tempo de cozimento. Tudo vai depender do forno. Forno a gás, elétrico, com sistema de convecção e outros fatores que interferirão no tempo de cozimento. O que vale é ficar atento pra não queimar!

pao da dinda pao da dinda pao da dinda

 

 Por fim, só quero dizer: Obrigado, Marcelo!

Imprimir